Ator pornô é multado por filmar cena no metrô de Londres

George Mason e Nicholas Mullan são namorados e fizeram sexo dentro do vagão quando voltavam para casa.

Publicado em 04/02/2019

Metrô de Londres: George Mason e Nicholas Mullan são multados por transarem no vagão

O ator de filmes pornôs George Mason, de 35 anos, foi multado pela Justiça britânica após ter filmado uma cena de sexo no metrô de Londres.

Curta o Guia Gay São Paulo no Facebook

Mason foi considerado culpado de "ultrajar a decência pública" pelo Tribunal de Magistrados de Westminster na semana passada.

A cena filmada em julho de 2017 incluía seu namorado, Nicholas Mullan, de 24 anos. Um terceiro homem, que filma os dois, não foi identificado.

Ambos, Mason e Mullan, costumam aparecer em vídeos da HungYoungBrit, produtora com foco em filmes gays no estilo amador.

Mason foi multado em 1 mil libras (cerca de R$ 4.800), pagar as custas do processo (cerca de R$ 800) e prestar serviços comunitários por 12 meses.

Mullan também foi condenado a pagar as custas do processo e a prestar os serviços.

George Mason e Nicholas Mullan fazem sexo dentro do metrô de Londres
Imagem do casal no filme exibido no site da HungYoungBrit

A defesa de ambos explicou que a ideia surgiu quando ambos voltavam para o apartamento de Mason após um dia fora de casa.

"Durante o curso da viagem, surgiu a ideia deles terem relação sexual no trem", disse.

A juíza descreveu a ofensa como "desagradável" e "séria" e que foi ainda mais grave por ter sido divulgada nas redes sociais.

"Nós sentimos que esta é uma lição para vocês dois. Como seu advogado de defesa disse, você foi humilhado no tribunal das mídias sociais", disse a magistrada.

Um porta-voz do estúdio pornô afirmou que Mason é viciado em sexo. "Eu não sei por quanto tempo ele vai ficar longe dos problemas."


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.