Roteiro de Compras

Grifes nacionais e internacionais têm em comum as mesmas características para agradar aos gays: modelagens ousadas, leque bem variado de cores, peças justas e muitos acessórios. 

São Paulo também oferece lojas que atendem transexuais e crossdressers - além de mulheres bem despudoradas, claro - com gama de opções considerável. 

AVISO: Todos os estabelecimentos encontram-se temporariamente fechados por causa da pandemia da covid-19.

Anjo da Guarda
Jaquetas, coturnos, coletes e camisetas com modelagens ousadas.
Rua Augusta, 1.405, Galeria Augusta Premium, Consolação.
Segunda a sábado, 12h às 20h; domingo e feriado, 14h às 20h.
Yes Sir
Loja voltada a acessórios fetichistas, como harnesses e jock straps.
Galeria Arouche. Largo do Arouche, 99, loja 13.
Quarta a sábado, 11h às 19h.
Adeh Oliveira
Sungas, jeans, bolsas e regatas bem vaporosas.
Largo do Arouche, 60, República / Rua Frei Caneca, 853, Consolação.
Segunda a sábado, 10h às 20h; domingo e feriado, 14h às 20h.
Antrato
Skinny jeans, camisetas e bermudas estilosas.
Largo do Arouche, 63, República / Rua Frei Caneca, 900, Consolação.
Segunda a sábado, 10h às 20h; domingo e feriado, 14h às 20h.
Atelier Robytt Moon
A famosa drag confecciona produções para quem deseja se montar.
Rua Rego Freitas, 136, Vila Buarque.
Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 10h às 14h. Há prioridade para hora marcada pelo telefone (11) 3333-1947.
Au Bottier
O forte da loja são as botas e plataformas. Ótima opção para trans e crossdressers.
Rua Augusta, 1.206, Consolação.
Segunda a sexta, 9h30 às 18h30; sábado, 9h30 às 15h30.

Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.