Roteiro LGBT
Fique por dentro de todas as suas opções LGBT em São Paulo

Baladas

Cidade brasileira com o maior número de baladas LGBT do País, São Paulo viu sua cena se transformar temporariamente com a pandemia.

Alguns endereços permanecem fechados. Os clubes que estão operando funcionam apenas como bar e em horário de happy hour.

Todos os lugares divulgam que cumprem normas de distanciamento de mesas, disponibilizam álcool gel e que estão com as pistas de dança fechadas.

Bares

De locais com mesas na calçada a outros que são quase clubes noturnos, para ursos, para jovens, para agradar ao paladar, cantar karaokê... os bares LGBT de São Paulo são tão múltiplos quanto as caras da cidade.

De segunda a domingo há opções para todos os gostos e bolsos, com ênfase na Consolação e na República, os dois bairros com maior concentração de bares arco-íris de São Paulo.

Por conta da pandemia, os endereços que estão abertos funcionam em horários reduzidos. Todos divulgam que seguem protocolos de segurança com distanciamento de mesas e disponibilização de álcool gel.

Cafés

Com a imensa segmentação que São Paulo tem, cafés que atraem o público GLS não ficariam de fora.

Aqui também entram as padarias, um clássico paulistano. Duas delas são adoradas por gays, lésbicas e transgêneros - e o melhor, são 24 horas.

ATENÇÃO: Por causa da pandemia da covid-19, alguns estabelecimentos podem estar fechados ou com horário reduzido.

Cidadania

A um dos maiores roteiros LGBT do mundo, soma-se diversos movimentos sociais, entidades e serviços públicos com foco na cidadania arco-íris. Conheça, faça parte, conte com eles! 

Cine/cabines

Efetivos! Pode-se definir assim os lugares da cidade que, sem luxo no geral, oferecem oportunidade para encontros com outros homens. Você e eles com o mesmo e nada casto objetivo. 

Sim, como é tradição, centros urbanos concentram mais opções. Porém, São Paulo também possui ofertas de cinemas e cabines em outros bairros. É ir sem carão e sair satisfeito! 

ATENÇÃO: Por causa da pandemia da covid-19, alguns estabelecimentos podem estar fechados ou com horário reduzido.

Compras

Grifes nacionais e internacionais têm em comum as mesmas características para agradar aos gays: modelagens ousadas, leque bem variado de cores, peças justas e muitos acessórios. 

São Paulo também oferece lojas que atendem transexuais e crossdressers - além de mulheres bem despudoradas, claro - com gama de opções considerável. 

ATENÇÃO: Por causa da pandemia da covid-19, alguns estabelecimentos podem estar fechados ou com horário reduzido.

Esportes

É para derrotar o preconceito! E conseguir a vitória da diversidade!

Nos últimos anos da década de 2010, gays se uniram para mostrar que o arco-íris deve estar dentro de campo e criaram times esportivos, alguns inclusive com equipe LBT! Essa movimentação virou fenômeno que não parou mais!  

Veja os coletivos nos quais você pode praticar esporte sem medo de sofrer discriminação por ser quem você é!

Hospedagem

Sim, a capital paulista possui a maior rede de hospedagem do Brasil. Mas aqui você tem opções que são ou dedicadas a LGBT ou com políticas de respeito a nós, o que tornará sua experiência na cidade ainda mais colorida e bacana! 

Igrejas

Deus discrimina? Faz acepção de pessoas? Com a forte crença de que as respostas é não, igrejas inclusivas LGBT fazem o arco-íris ser símbolo de fé e levam a palavra divina a todas pessoas. 

Museu

ATENÇÃO: Por causa da pandemia da covid-19, o museu encontra-se fechado.

Para elas

Com exceção de algumas festas dominadas por homens, e todas saunas e clubes de sexo, lésbicas e mulheres bissexuais se jogam na diversão em vários lugares da cidade, mas há estabelecimentos em que são elas que mandam. 

Points

Uma feira de antiguidades, um parque cheio de museus, um bucólico e tradicional largo, um shopping center e a avenida mais fotografada da cidade. São Paulo é assim: alguns de seus pontos mais famosos são também movimentados lugares arco-íris.

ATENÇÃO: Por causa da pandemia da covid-19, alguns espaços podem estar fechados ou com horário reduzido.

Restaurantes

Com mais de 12 mil restaurantes, São Paulo é cidade onde se come bem em imensa variedades de locais, para todos os bolsos e com mais de 50 tipos de cozinha.

Apesar de boa parte dos locais (em especial nos bairros centrais e nobres) serem bastante gay friendly, alguns restaurantes tornaram-se, por motivos diversos, os favoritos pelo público arco-íris.

A lista inclui endereços de especialidades mineira, grega, francesa, italiana, tailandesa e de hambúrgueres. Você tem fome de quê?

Durante a pandemia, os horários estão reduzidos e todos divulgam que seguem padrão de higiene com distanciamento de mesas e disponibilização de álcool em gel.

Saunas

A oferta de saunas e sex clubs de São Paulo é melhor até do que existe em muitas capitais europeias e norte-americanas. 

Dentre as saunas, há opções nas zonas central, oeste, sul e leste da capital, que vão de uma simples ducha e uma hidromassagem até a shows de drags famosas e strippers bem ousados.

A dica é só uma: perca-se dentre opções sem nenhum pudor!

Por conta da pandemia do novo coronavírus, estabelecimentos seguem algumas restrições no funcionamento e programação. 

Sex clubs

Principalmente na área central da cidade, mas não só, há lugares para encontros rápidos, realização de taras e prazer com muitos fetiches. 

Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.