PT atua para que Jean Wyllys seja deputado federal por SP

Político ganhou três eleições pelo Psol e não tomou posse em 2019

Publicado em 03/08/2021
jean wyllys eleições 2022 são paulo deputado federal
Wyllys rejeita concorrer pelo Rio devido ao crime. Foto: Ana Jimenez Remacha (La Vanguardia)

Alas do Partido dos Trabalhadores (PT) iniciaram movimentação para que o ex-parlamentar federal Jean Wyllys volte a disputar cadeira no Congresso Nacional não pelo Rio de Janeiro, onde ele teve três vitórias, mas pelo estado paulista.

Curta o Guia Gay São Paulo no Facebook

Segundo a Folha de S.Paulo, a ideia é ter Wyllys como candidato a deputado federal e Eduardo Suplicy como estadual para que ambos puxem votos para mais políticos.

Questionado pela reportagem, Wyllys afirmou que volta a disputar as eleições se for estratégico para a legenda, à qual se filiou em maio, e houver pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de outros líderes do partido com os quais dialoga.

Ele renunciou ao terceiro mandato em janeiro de 2019 após receber ameaças de morte. As três vitórias foram obtidas com ele no Psol.

Baiano de Alagoinhas, o jornalista sempre concorreu pelo Rio de Janeiro, onde morava há vários anos.

Desde que deixou o Congresso, Wyllys passou a viver na Europa.Atualmente, ele mora na Espanha.

"[Aceito se] entenderem e me convencerem de que minha volta ao Brasil para me candidatar outra vez será algo bom para as pessoas que se sentem representadas por mim e identificadas comigo, com o que defendo publicamente, com minha maneira de ser político", disse.

Ele também afirmou que seria crucial que o partido e o Estado garantissem sua segurança física.

De acordo com a publicação, também há movimento para que ele se candidate pela Bahia.

A hipótese de voltar a disputar um cargo pelo Rio está descartada por causa de perigosas organizações criminosas, afirma ele.

"Cada território é um embrião de Estado à sua maneira, com milicianos, traficantes, sicários, pastores neopentecostais picaretas, fronteiras, munição pesada. [...] O Rio se transformou, em meu imaginário, num lugar sombrio, ninho da família Bolsonaro e da estrutura mafiosa das milícias."


Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.