15 iniciativas de apoio a LGBT na quarentena! Compartilhe! Ajude!

Em várias unidades da Federação há ações sociais motivadas pela paralisia econômica

Publicado em 02/04/2020
solidariedade covid 19 lgbt
Há pedidos de cestas básicas, itens de limpeza pessoal e dinheiro

Sim, muitas pessoas em casa por conta da quarentena ocasionada pela pandemia de covid-19. Mas elas podem estar com fome, sem condições de pagar o aluguel e até desprovidas de itens de limpeza pessoal até para evitar a contaminação.

Curta o Guia Gay São Paulo no Facebook

O bom é que para superar a força do novo coronavírus há muita solidariedade para ajudar integrantes da comunidade LGBT. 

Veja abaixo algumas iniciativas pelo Brasil! Veja como você pode ajudar ou receber apoio. E compartilhe para que mais e mais pessoas conheçam as ações e façam parte delas! 

O arco-íris só é belo porque ele é soma! 

>>> Bahia
- O Clube 11, uma das mais famosas saunas gays da capital baiana, está com campanha para ajudar as drag queens que tanto divertem os frequentadores da cena LGBT soteropolitana. Quem puder contribuir com uma cesta básica deve entrar em contato com o estabelecimento pelo telefone (71) 98847-7056.

- O projeto De Transs pra Frente e a Associação Baiana de Travestis, Transexuais e Transgêneros em Ação (Atração) estão com campanha pedindo doação de material de higiene, alimentos ou cestas que serão doados para mulheres trans em situação de vulnerabilidade de Salvador. Os produtos podem ser entregues no Casarão da Diversidade, à Rua do Tijolo, 8, Centro Histórico e informações podem ser obtidas pelos telefones (71) 99315-5757 ou (71) 99956-0560.

>>> Distrito Federal
- A ONG Jovens Unidos por Direitos Humanos LGBT (JUDIH-DF) lançou campanha junto com a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais (ABGLT) para arrecadar alimentos para estes artistas LGBT, tais como DJs, produtores e drag queens. O ponto de doação é SCRLN 707, bloco C, entrada 56, sala 201, Asa Norte. Informações pelo telefone (61) 99386-9927 ou pelo e-mail judihdf@gmail.com.

- Sem palcos e pick ups para se apresentarem, muitos artistas LGBT da capital federal têm passado necessidade. Para tentar diminuir essa aflição, há vaquinha virtual na internet para arrecadar dinheiro. Veja detalhes aqui

>>> Minas Gerais
- A Rede P.O.C. (Proteger, Ouvir e Cuidar) e o Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT da Universidade Federal de Minas Gerais (NUH/UFMG) estão com campanha aberta no site Evoé.

O projeto já bateu a meta de arrecadar R$ 6.500 (foram doados mais de R$ 8.500), mas continua angariando fundos para poder comprar e distribuir cestas básicas para travestis e transexuais que trabalham com o sexo. Mais informações sobre a campanha, clique aqui no site Evoé.

- Em Contagem, a entidade Cellos faz ação solidária com distribuição de cestas básicas. Para doar, entre em contato pelo Whataspp (31) 97152-5340 ou pelo Instagram.

>>> Paraná
- O projeto Camargo pede ajuda à Casa de Missão Amor Gratuito, que dá moradia a LGBT em situação vulnerável no município Sarandi. Doações devem ser enviadas para Caixa econômica Federal, agênica 1671, operação 003, C/C 00004261-3, CNPJ 26.207.559/0001-80. Mais informações aqui

>>> Rio de Janeiro
- O Grupo Arco-Íris está cadastrando LGBT para o recebimento de cestas básicas e para itens de limpeza e higiene. A entidade vai buscar apoio de órgãos públicos, do setor privado e de pessoas que possam fazer doações. Quem precisar de ajuda e morar na capital fluminense deve preencher este formulário

>>> Rio Grande do Norte
- Pessoas trans da capital potiguar e da cidade Extremoz precisam de cestas básicas e materiais de higiene. Doações devem ser entregues na sede da ATransparência RN (av. Bernardo Vieira, 1847, Alecrim), sede da Atrevida RN (rua Manoel Vitorino, 950 B, Casa B, Alecrim) e na Casa Brasil (rua Nova Jerusalém, nº 26, El Shaday, Extremoz).

>>> Rio Grande do Sul 
- A ONG Igualdade, de Porto Alegre, pede doações de cestas básicas para doar a pessoas trans. Quem puder ajudar deve escrever para o Whatsapp (51) 99166-5641.

>>> São Paulo 
- A Associação Cultural Educacional e Social Dynamite (ACESD) efetuou pesquisa e encontrou bons preços nas cestas da QualyCestas. Algumas incluem kit de higiene e a empresa não cobra frete. A entidade fará doação para transexuais e travestis em situações de extrema vulnerabilidade, das zonas norte e leste da capital paulista. Quem puder adquirir uma cesta, deve enviá-la para Avenida Nordestina, 496, São Miguel Paulista, São Paulo/SP, Cep: 08011-000. Mais informações pelo telefone (11) 2032.3737.

- A ONG ABCD's, uma das mais reconhecidas na atuação pelos direitos de LGBT na região do ABC paulista, está arrecandando alimentos para serem distribuídos a pessoas transexuais. Interessados em ajudar podem contatar os responsáveis pelo telefone (11) 99937-3766.

- As ONGs Rede Gay Brasil e Arco-Íris RP de Ribeirão Preto (SP) arrecadam produtos de limpeza e de higiene pessoal e alimentos para LGBT que estão em situação de vulnerabilidade. Interessados em fazer doações podem contatar Fábio pelo telefone (16) 98175-9410 ou Marcelino no número (16) 98874-8708.

- O Grupo Pela Vidda/SP e o Centro de Referência e Defesa da Diversidade (CRD) pedem doações de alimentos não perecíveis e de produtos de higiene, tais como shampoo, sabonete e papel higiênico, para montar kits e distribuir aos usuários das instituições, que ficam na capital do Estado. Os contatos são (11) 3151-5786/5783 e o e-mail crd@crd.org.br. 

>>> Sergipe
- A ONG Astra, de Aracaju, faz a campanha Acódi LGBT. Pode-se combinar a ajuda por Whatsapp e a entidade manda a nota fiscal da compa de cestas básicas e tira foto da entrega. Informações pelo número (79) 99946-9609.


Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.