Gran Fury: Arte Não É o Bastante


Mostra aprenseta 76 obras do coletivo nova-iorquino Gran Fury que, entre 1988 e 1995, fez campanhas e ações para conscientizar a sociedade sobre a crise da aids.

A exposição discute os limites e os alcances das campanhas gráficas do grupo, bem como a ideia da arte como estratégia no campo ativista, impulsionado por pessoas LGBT para ampliar a consciência sobre o HIV/aids.

"O Gran Fury é parte de uma história ativista do uso politizado das ferramentas de comunicação e da subversão de imagens e discursos dominantes, abrindo território para o que na década de 1990 tornou-se conhecido entre coletivos de arte ativista e movimentos sociais como 'mídia tática', que é a produção de um novo tipo de estética por grupos e indivíduos oprimidos ou excluídos da cultura geral, trabalhando com formas expandidas de distribuição cultural e intervenção semiótica nas ruas, valendo-se de diferentes suportes visuais”, esclarece o curador André Mesquita.

Segundo Mesquita, "dizer que 'a arte não é o bastante' não significa abandonar permanentemente a arte em favor da militância, ou apontar a ineficácia de uma prática artística para a transformação social. Ao contrário, a declaração do Gran Fury propõe que já não basta mais fazer uma arte sobre a crise, mas que momentos de crise são também momentos revolucionários de imaginação radical e de confrontação de sistemas hegemônicos e opressores”.

“Sua obra gráfica nos provoca a pensar sobre a necessidade e a urgência de artistas, ativistas e agentes culturais se articularem como força política solidária em direção à ação direta, caminhando junto a movimentos contestatórios”, conclui.

Gran Fury: Arte Não É o Bastante integra a programação 2024 do Masp que é dedicada às histórias da diversidade LGBT. 

  Evento em 23/05/2024Museu de Arte de São Paulo (MASP)
   R$ 70 (meia-entrada, R$ 35); R$ 90 (inclui contribuição de R$ 20 para o museu); gratuito na 1º quinta do mês mediante compra antecipada do ingresso.
   23/02 a 09/06
      Galeria - 1º subsolo - Entrada até 17h
          Quarta, quinta, sexta, sábado e domingo - 10h até 18h
      Galeria - 1º subsolo - Entrada até 19h
          Terça - 10h até 20h
Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.