Cine Kratos

O Cine Áurea fez história em São Paulo como um dos mais elegantes da cidade. Isso foi antes dos shoppings centers levarem à morte os cinemas de rua. Atualmente, a história é outra. E picante. 

Totalmente restaurado, o lugar agora é o Cine Kratos. Muito pouco do cinema foi modificado. Mesmo com "uso" distinto, é possível ver a imponência do lugar. Mas falemos do presente. 

O cine fica no meio do burburinho da zona central de SP, muitas lojas, muitos prédios comerciais. E é daí que sai boa parte da clientela do Kratos, que divide parede com uma academia.  

Na entrada, vê-se cabines à esquerda. Aí, a opção é para os mais solitários. É quase uma dezena de filmes pornôs, aos quais você assiste sozinho (ou não). 

Um bar até simpático é sua opção logo à frente depois da entrada do cinema. Mas é passando a catraca que as coisas acontecem. 

Ainda no térreo, há a primeira sala de filme pornográfico, aí, hétero. São 320 poltronas. Muito amplo o espaço. O cheiro de madeira, que reveste a parede, é forte.

No andar superior, há um mezanino com tevê ligada na Rede Globo. Pode ser seu momento de relax mais inocente. Seguindo a escada, um corredor de cabines (sem tevê ou filmes) com pouca luz.

No cinema do segundo andar, com 260 poltronas, há o cine dedicado a filmes trans e gays, mas, a pedidos do público, como explica um dos donos, é preciso sim colocar filmes héteros no rodízio. Mas não se engane, a frequência é fortemente gay e bi.

Bom, feita a descrição, é hora de deixar mais à vontade o casal hétero que se abraça em pé vendo um filme pornô de carnaval e um engravatado com cara de procura que acaba de entrar.  

Rua Aurora, 522, Santa Ifigênia.
Segunda a domingo, 9h às 22h.
Cinema: R$ 14 (estudantes e aposentados, R$ 7). Cabine: R$ 3 (a cada 10 minutos). 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.