Roteiro de Bares

De locais com mesas na calçada a outros que são quase clubes noturnos, para ursos, para jovens, para agradar ao paladar, cantar karaokê... os bares LGBT de São Paulo são tão múltiplos quanto as caras da cidade.

De segunda a domingo há opções para todos os gostos e bolsos, com ênfase na Consolação e na República, os dois bairros com maior concentração de bares arco-íris de São Paulo.

Por conta da pandemia, os endereços que estão abertos funcionam em horários reduzidos. Todos divulgam que seguem protocolos de segurança com distanciamento de mesas e disponibilização de álcool gel.

Oficina Club
Balada no Baixo Augusta funciona como bar e tem eventos com bebida liberada.
Rua Peixoto Gomide, 77, Consolação.
Sexta, 16h30 às 22h; sábado e domingo, 15h40 às 22h.
R$ 40 e R$ 50 (open bar).
Athenas
Gays são maioria à noite no bar que tem vários espaços e cardápio com inspiração grega.
Rua Augusta, 1.449, Consolação.
Segunda a domingo, 11h às 23h.
Bar da Lôca
O bar ficou famoso como ponto de encontro para dar aquela 'calibrada' antes de entrar nA Lôca, logo ao lado.
Rua Peixoto Gomide, 106, Consolação.
Segunda a domingo, 7h à 1h.
Bar de Cima [FECHADO]
Misto de bar e balada ao som de pop, indie, funk e anos 1980.
Rua Oscar Freire, 1128, Jardins.
Quarta, 21h às 2h; quinta, 21h às 3h; sexta e sábado, 23h às 4h.
R$ 20 com lista e R$ 40 sem.
Bar do Netão
Espaço está abrindo como bar com DJs e hambúrgueres no cardápio.
Rua Augusta, 584, Consolação.
Quarta a sábado, 16h às 22h.
Bar Fama
Casa de shows com transformistas e boys desinibidos.
Rua Frederico Abranches, 29, Santa Cecília.
Quinta a domingo, 22h.
R$ 10 entr. + R$ 20 cons.

Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.