Roteiro de Bares

De locais com mesas na calçada a outros que são quase clubes noturnos, para ursos, para jovens, para agradar ao paladar, cantar karaokê... os bares LGBT de São Paulo são tão múltiplos quanto as caras da cidade.

De segunda a domingo há opções para todos os gostos e bolsos, com ênfase na Consolação e na República, os dois bairros com maior concentração de bares arco-íris de São Paulo.

ATENÇÃO: Por causa da pandemia da covid-19, alguns estabelecimentos podem estar fechados ou com horário reduzido e apenas para delivery.

Prainha do Arouche
A jukebox e a cerveja de garrafa dão o tom nos cinco bares que formam um calçadão.
Largo do Arouche, entre 76 e 116, República.
Caneca de Prata
Tradicional ponto para homens com mais de 30 anos.
Avenida Doutor Vieira de Carvalho, 55, República.
Segunda a domingo, 18h à 1h.
Bar Queen
Shows de drags e transformistas com go-go boys sem inibição.
Rua Vitória, 826, República.
Segunda, quarta, sexta, sábado e véspera de feriado, 23h.
R$ 20 p/ homens; R$ 50 p/ mulheres. Às quartas, apenas homem entram. 
Soda Pop Bar
Um dos points dos ursos na cidade, bar está com restrição de horário.
Avenida Doutor Vieira de Carvalho, 43, República.
Segunda a domingo, 11h às 17h.
Bar Fama
Casa de shows com transformistas e boys desinibidos.
Rua Frederico Abranches, 29, Santa Cecília.
Quinta a domingo, 22h.
R$ 10 entr. + R$ 20 cons.
Guinga's Bar & Karaokê
Opção na zona leste, há pista e shows de drags. Às quartas, quintas e domingos, a atração é o karaokê.
Avenida Sapopemba, 13.780, São Mateus.
Quarta e quinta, 19h à 1h; sexta e sábado, 23h às 6h; domingo, 21h às 4h.
R$ 10 entr. sexta e sábado.

Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.