Desmentido: Parada LGBT de SP não convidou Ivete Sangalo

Apoglbt emitiu comunicada esclarecendo o caso após nota no site Glamurama

Publicado em 13/04/2019
Ivete Sangalo não foi convidada a cantar na Parada LGBT de São Paulo 2019
Cantora foi convidada oficialmente em outras edições, não nesta

A Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (Apoglbt) divulgou nota de esclarecimento sobre uma possível aparição de Ivete Sangalo na 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

Curta o Guia Gay São Paulo no Facebook

De acordo com a entidade, que organiza a marcha, não houve nenhum convite à cantora, ao contrário do que publicou o site Glamurama.

O site informou que o ativista Agripino Magalhães se encontraria no próximo dia 26 com a baiana para lhe fazer o convite.

"O senhor Agripino Magalhães, citado na nota do Glamurama, não é pessoa associada desta ONG, e sequer participa de atividades da mesma", diz o texto.

Parada LGBT de São Paulo não convidou Ivete Sangalo

A ONG esclarece que é a única responsável pela marca e pelo evento da parada e pediu desculpas à cantora, que já foi convidada em outras edições de forma oficial.

A Apoglbt encerra o comunicado informando que seu departamento jurídico tomará as devidas providências.

A marcha, a maior do Brasil e do mundo, será realizada este ano em 23 de junho, junto ao feriado prolongado de Corpus Christi.

O tema desta edição é "50 Anos de Stonewall", que relembra o aniversário da Revolta de Stonewall, movimento ocorrido em Nova York que culminou na luta contemporânea pelos direitos LGBT, como o início das paradas LGBT.


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.