Afetividades Ordinárias


Exposição do fotógrafo e artista João Bertholini traz série de retratos de pessoas trans e travestis, seja em momentos rápidos na rua ou de intimidade com pessoas próximas.

Ao todo, foram selecionados pela curadora Neon Cunha - que também é uma das retratadas - 31 retratos dentre o acervo de mais de 200 imagens.

"Aqui, o corpo não é objeto, a curiosidade não é premissa, e o registro não é factual", diz João, que tem convicção de que um dos maiores potenciais da fotografia é o da subjetividade.

"Ela pode ser direta, descritiva, e um documento do momento presente, mas aqui, ela se constrói no campo da possibilidade, do sonho e da humanidade", completa.

Há distribuição de zine, feito pelo artista, sobre liberdade.

Em 28/01, há oficina, de 14h às 17h, ministrada por João, sobre retratos e seu contexto na história e nas artes plásticas (inscrições neste link).

Concepção e coordenação geral: João Bertholini. Curadoria: Neon Cunha. Textos: Ave Terrena, Danna Lisboa e Neon Cunha. Webdesign: Maria Olivia Aporia. Design gráfico: Victor Ioriatti. Assessoria de imprensa: Elaine Calux. Produção executiva: Junior Guimarães. Vídeo: direção de Day Rodrigues, edição de Fernanda Giusfredi, fotografia de Nuna Nunes, som de Andressa Clain e arte de Maria Olivia Aporia.

  Evento em 14/01/2022Oficina Cultural Oswald de Andrade
   Gratuito.
   03/01 a 04/02
       Segunda a sexta - 10h até 21h
       Sábado - 11h até 18h
Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.