Naquela Noite Eu Olhei pela Janela e Vi a Lua Morrer


Espetáculo escrito e interpretado por Ricardo Brighi fala da solidão do homem gay maduro.

História contém elementos autobiográficos e ficcionais.

"Fui vasculhar entrevistas, estudos, reportagens. A solidão é uma dor (ou não) que acompanha muitos gays, especialmente os mais velhos. Alguns aprenderam a conviver com ela e até gostam. Outros sentem o incômodo e a aflição da lacuna", explica Brighi.

Em cena, um homem de 65 anos está preso numa tarde em seu apartamento. Ele recorda o passado, questiona o presente e coloca em dúvida o futuro.

A dor da perda da jovialidade, dos amores, do desejo, da volúpia e a reflexão: como é ou pode ficar a vida de um homem gay depois dos 60 anos?

Texto e atuação: Ricardo Brighi. Direção: Wesley Leal. Desenho de luz: Éder Pires. Direção de produção: Ricardo Brighi. Fotos: Flávio Jardim. Trilha sonora: Vinícius Alves. Realização: Carriola Cultural. 50 minutos. Classificação: 16 anos.

 

  Evento em 24/06/2022Teatro Commune
   R$ 40 (meia entrada, R$ 20). Promoção: R$ 15 para quem apresentar este link na bilheteria do teatro ou dizer que viu no Guia Gay São Paulo.
   21h - 03/06 a 25/06 - Sexta e sábado.
Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.