Horácio


Diversas figuras marginalizadas se cruzam em São Paulo.

Na trama, o contrabandista de cigarros de 80 anos Horácio (José Celso Martinez Correa) precisa fugir após sua prisão ser decretada. Ele se esconde em um prédio da Bela Vista, tradicional bairro da Zona Central da capital paulista, e lá tranca e acorrenta a filha Petula (Maria Luísa Mendonca).

Enquanto Petula tenta fugir com seu amante Faraó (Ricardo Bittencourt), Horácio nutre um amor não correspondido pelo capanga Milton (Marcelo Drummond).

O capanga, por sua vez, tem uma paixão platônica pela atriz transexual Roberta (Glamour Garcia)

"Há o chefão, a puta, a filha oprimida, o capanga, o agiota, a mulher venal e o jogador. Desde que comecei a desenvolver o roteiro, quis criar um mito do submundo de São Paulo. Sem julgar, o filme mostra um mundo que existe, mas que nós não vemos no cotidiano; ele faz parte das nossas vidas sem que a gente perceba, assim como o inconsciente", explica Mathias Mangin, que assina o roteiro, a direção, a edição e a produção do longa.

"No filme, todas as relações são permitidas, pois todos os ‘amores’ têm o direito de existir, mas a maioria delas não é amorosa, são relações bandidas baseadas no interesse, na ganância, no poder e na submissão. O único amor, aquele que salva e transcende, é o amor do Milton e da Roberta. Nenhum dos dois tem interesses em comum", conclui o diretor. 86 minutos. Classificação: 16 anos.

 

  Evento em 15/04/2019Espaço Itaú de Cinema - Frei Caneca
   11/04 a 17/04
      Sala 5
          Todos os dias da semana - 15h50 e 19h30
Petra Belas Artes
   11/04 a 17/04
      Sala 6 - Mário de Andrade - 17h20 e 21h10
Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.