Mostra do Museu da Diversidade de SP é censurada no interior

'Todos Podem Ser Frida' foi desmontada antes mesmo de ser vista no Festival Literário de Votuporanga

Publicado em 10/09/2018
Museu da Diversidade Sexual: exposição Todos Podem Ser Frida é cancelada em Votuporanga
Exposição presta homenagem à famosa pintora mexicana Frida Kahlo

Censura e homofobia tem andado juntas no Brasil. Uma mostra do Museu da Diversidade Sexual de São Paulo foi cancelada em Votuporanga, interior do Estado.

Curta o Guia Gay São Paulo no Facebook

A exposição Todos Podem Ser Frida, com imagens da fotógrafa Camila Fontenele, participaria do Festival Literário de Votuporanga (FLIV), mas não recebeu autorização da prefeitura da cidade.

Segundo o Diário de Votuporanga, vereadores, pastores evangélicos e uma página chamada Direita Votuporanga motivaram o prefeito João Dado (SD) a cancelar a exposição.

Gestora e uma das criadoras do evento, Cibeli Oliveira lamentou o ocorrido em sua página no Facebook. "Que vivemos tempos difíceis de intolerância já sabemos, mas lidar com a censura cara a cara gera uma sensação de tristeza indescritível."

Cibeli relatou que o preconceito à comunidade LGBT não começou este ano. "Em 2017, no show de abertura com As Bahias e a Cozinha Mineira toda a divulgação foi claramente boicotada. Posicionar-se nesse momento se faz necessário."

A exposição estreou em São Paulo em novembro de 2014 e ficou em cartaz no museu até fevereiro do ano seguinte.

O Museu da Diversidade Sexual é um dos únicos do mundo voltados exclusivamente à comunidade LGBT - os outros dois ficam em Berlim e em São Francisco (EUA).

Em comunicado, o museu afirmou que a mostra é "lúdica e participativa" e que possibilita aos visitantes se caracterizarem com adereços que representam Frida.

"A multiplicidade de imagens que compõem a exposição a partir das fotografias tiradas do público é uma celebração da diversidade humana, incluindo a visibilidade de pessoas com deficiência, diferentes raças e etnias, gêneros e identidades, com a intenção de incentivar uma cultura de paz e respeito pelas diferenças."

 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.