Livro de contos queer, 'Terezinha' tem lançamento em SP

Obra de Josué Souza busca desconstruir conceitos baseados em regras e padrões de comportamento

Publicado em 18/06/2016
Terezinha, livro de contos queer de Josué Souza, tem lançamento em São Paulo
Obra composta por 17 contos será lançada pela Hoo Editora

Pessoas de gênero fluido e as consideradas não-binárias (que não se encaixam nas definições de homem e mulher) são o foco do livro Terezinha, de Josué Souza, que tem lançamento em 5 de julho em São Paulo.

Curta o Guia Gay São Paulo no Facebook

Composta por 17 contos, a obra aborda o gênero queer e busca desconstruir conceitos pré-definidos e baseados em regras e padrões de comportamento. Para o autor, o livro procura discutir a questão do universo LGBT pela ótica do direito à existência.

"Como elas [pessoas inseridas no universo LGBT] não estão colocadas dentro da 'normatividade', elas passam a habitar o local da não-existência, à margem, às sombras do mundo de possibilidades", explica.

"O binarismo de gênero (homem e mulher) é um discurso hegemônico, nunca é visto sob outras perspectivas; de que pode não ser algo tão fixo como propõe o discurso", afirma Souza ao Guia Gay São Paulo. "Então, abri espaço, dentro dos meus contos, para que essas pessoas pudessem ser vistas; oportunidade de mostrar como essas vidas são presentes no mundo, perfeitamente humanas. No fim, eu apontei para a questão da existência, do direito a existir."

Com duas obras já publicadas – Aos Cuidados e As cores de Ser: Eu-livro – e participação em coletâneas, Souza começou a escrever aos 15 anos, inspirado por sua paixão por Clarice Lispector. Sempre buscou explorar a temática da diversidade, mostrando que "ser diferente não significa ser errado, como versam o discurso hegemônico e o de preconceito; é perfeitamente natural ser diferente".

Dessa forma, surgiu espontaneamente a inspiração para ingressar na literatura LGBT. E foi nesse contexto que o autor encontrou a Hoo Editora, que edita a obra. "Acredito que ainda haja muita resistência no mercado brasileiro à literatura LGBT. Nesse sentido, a Hoo foi um verdadeiro achado! Acreditei que teria uma chance verdadeira de ter meu trabalho avaliado adequadamente. Os desafios são enormes, mas fico muito feliz em contribuir para que essa temática tenha cada vez mais espaço e representatividade", finaliza.

Terezinha está em pré-venda pela no site da Hoo Editora. A noite de autógrafos será realizada em 5 de julho, às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional - Avenida Paulista, 2.073.

 

 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.