ELEIÇÕES
Informações para que você e toda comunidade LGBT votem de forma consciente

Lésbica e bi: SP reelege Leci Brandão e elege Isa Penna

Com maioria conservadora, Assembleia Legislativa de São Paulo terá foco de resistência

Publicado em 08/10/2018
Isa Penna e Leci Brandão: deputadas estaduais lésbica e bissexual em São Paulo
Este será o 3º mandato de Leci Brandão e o 1º de Isa Penna na Alesp

Após uma das eleiçãos com tendência mais conservadora que se tem notícia no Brasil, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) terá alguns pontos de resistência arco-íris.

Curta o Guia Gay São Paulo no Facebook 

Neste domingo 7, foi reeleita a deputada estadual Leci Brandão (PCdoB) para seu terceiro mandato com 64.487 votos. 

Mais
>>> São Paulo elege 2 transexuais para a Assembleia Legislativa
>>> Jean Wyllys é reeleito para o Congresso Nacional

Uma das cantoras de samba mais famosas do País, Leci também foi uma das primeiras artistas a se declarar lésbica, lá no início dos anos 1980 - grande parte de suas contemporâneas na MPB, até hoje, se negam a falar sobre o assunto.

Também foi a segunda deputada negra eleita por São Paulo e tem como principais bandeiras as pautas das populações quilombola, negra, das mulheres e LGBT.

Bissexual assumida, Isa Penna (Psol) conquistou 53.838 votos para seu primeiro mandato na Alesp. Isa é formada advogada pela PUC-SP e já foi vereador suplente pela capital paulista.

As duas terão a companhia de duas transexuais eleitas neste domingo. Erica Malunguinho (Psol) e Erika Hilton, que integra a Bancada Ativista (Psol), candidatura coletiva de nove pessoas.

Os desafios são grandes. A maior bancada da Assembleia será do PSL, partido de Jair Bolsonaro. Nada menos que 15 deputados foram eleitos pela legenda, puxados por Janaina Paschola, que se tornou a deputada mais votada do Brasil, com 2.060.786 votos.

Na sequência, aparecem PT com 10 deputados. PSDB e PR têm 8 deputados cada. Depois vem o DEM, com 7. Os conservadores PRB e PR conquistaram 6 cadeiras cada. Psol, Novo, Podemos e PP fizeram 4 deputados. O MDB ficou com 3. Com 2 deputados, PSD, PTB e PPS. Por fim, com 1 deputado cada, PCdoB, SD, PHS, Pros, Patriotas, Rede e PDT.


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.